Fisioterapia Cardiorespirátoria

Respirar… processo complexo, essencial, vital!

A Fisioterapia visa proporcionar aos indivíduos a melhor qualidade de vida, mantendo-os ativos, autónomos e felizes nas suas atividades de vida diária.

Patologias do foro cardíaco, como pós enfarte agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca, ou patologias do foro respiratório, como asma brônquica, doenças pulmonares obstrutivas crónicas (DPOC), fibrose quística, pós pneumonia, entre outras, são algumas das patologias que podem beneficiar com a fisioterapia.

Promover a saúde, prevenir a doença, tratar a patologia, habilitar e reabilitar o indivíduo, aconselhar e educar para a saúde, são os objectivos do fisioterapeuta.

A intervenção do fisioterapeuta na patologia respiratória é abrangente, em todas as idades (p.ex. bronquilites na primeira infância), em doenças crónicas, como as DPOC’s, ou episódios agudos (infeções pulmonares, libertação de expectoração, etc).

Assim, pretende-se:

  • Minimizar a sintomatologia, tal como a dispneira, tosse, expectoração, etc;
  • Melhorar a ventilação eficaz, reduzindo o esforço respiratório;
  • Auxiliar na mobilização e expulsão de secreções;
  • Potenciar a tolerância ao esforço;
  • Treinar as AVD’s;
  • Reduzir ansiedade associada ao impacto da patologia.