Reabilitação no Atraso do Desenvolvimento Motor

A intervenção cognitivo-motora é benéfica para o desenvolvimento tanto motor como cognitivo do bebê. Essas intervenções, no hospital, têm sido amplamente estudadas dentro de unidades de terapia intensiva neonatal (UTIs), porém poucos estudos investigam a intervenção avaliando o desenvolvimento infantil dentro de unidades de internação pediátrica.

Participaram do estudo em questão 22 bebês internados na unidade pediátrica por doença respiratória, divididos em dois grupos (10 no grupo controle e 12 no grupo intervenção), sem diferenças significativas nos dados biológicos e socioeconômicos. Utilizou-se como instrumento um questionário para caracterização da amostra, a Alberta Infant Motor Scale (AIMS) e a Bayley Scales of Infant Development (BSID-III).